sábado, 30 de abril de 2011

AS CINCO VINDAS DE JESUS

BEM-VINDO AOS MISTÉRIOS DE DEUS!



Por Jaime D. Silva e Júlio C. Albach.

Palavra ao leitor:
A posição nossa desse estudo fartamente mostrada aqui em textos e gráficos, é da nova linha Pós-tribulacionista R.B. (revelação bíblica), pré-milenista histórico recebida em 2010; diferente do Pós-tribulacionista Sistemático atual, a qual  juntamente com as outras duas escolas escatológicas: Pré e Meso-tribulacionistas, possuem erros graves de interpretações, quando suas teorias são conjugadas no "TEMPO E MODO" dos três principais pilares escatológicos:
Grande Tribulação, Vinda de Jesus, a ressurreição e  arrebatamento da Igreja.

Bom estudo, Deus te abençoe em Graça e em conhecimento.

A BOA NOVA, para o homem espiritual.
“...Eis aqui vos trago novas de grande alegria, que será para todo o povo.” 
Lc. 2:10b.


O QUE AS TEOLOGIAS NÃO VIRAM E NEM OUVIRAM!
“Mas, como está escrito: as coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, e não subiram ao coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam.” 1 Co 2:9.



Para o amigo leitor compreender o grande mistério “DAS CINCO VINDAS PESSOAIS DE JESUS, À TERRA”, e o período próximo ao Arrebatamento da Igreja, é necessário primeiro observar alguns quesitos básicos:
1- Colocar de lado toda tradição escatológica adquirida na sua denominação, uma vez que as três principais teologias do arrebatamento (Pré, Meso e Pós-tribulacionistas Sistemáticos, 2.000 anos depois da mensagem do Apocalipse, ainda se encontram à margem da sua revelação.

2- Crer que a Palavra de Deus contida na Bíblia, seguida da revelação do Espírito Santo, é suficiente para nos instruir em toda a verdade. Jo. 16:13.

3- Crer que os mistérios de Deus, a ser revelado para a Igreja do tempo do fim, não é uma mensagem comum, mas inédita que seu povo e o mundo jamais viram, e nem ouviram; doutra forma, não seria A REVELAÇÃO da parte "OCULTA" das palavras seladas à Daniel, prometida à Igreja dos últimos dias (Jer. 23:20 - Dan. 12:9).

4- Crer que todo o propósito de Deus debaixo dos céu, está sujeito a chave bíblica do "tempo e o modo" dos fatos proféticos. 
“ Porque para todo o propósito há TEMPO E MODO...” Ec. 8:6


Sem situar as profecias escatológicas, no tempo e o modo bíblico, as teologias em geral, tem criado várias teorias hereges sobre a vinda do Senhor, arrebatamento e sobre seu Reino Milenar, completamente divorciados da realidade profética, aqui revelada.
Aliás, esta revelação, não tem a pretensão de prever “o dia, a hora e o momento” da vinda de Jesus Cristo e do arrebatamento da sua Igreja, mesmo porque, os que assim procederam, pregaram fora do Conselho do Espírito Santo, aquém do "tempo e do modo profético", sendo envergonhados e confirmados pela própria história, como falsos profetas. Portanto, para nós, basta a Palavra do Senhor:  
Porém daquele dia e hora ninguém sabe...” Mt. 24:36.

Embora o Senhor Jesus, tenha se manifestado a esta terra, em espírito desde o princípio da criação, várias vezes e de várias maneiras, as cinco vindas aqui apresentadas, são vindas proféticas e pessoais: Sendo três vindas do céu (Trono de Deus) à terra, e duas manifestações debaixo do nosso céu atmosférico, também, chamadas de vindas; pois, são específicas para cada objetivo do Senhor. 
Estas cinco vindas, foram e serão manifestas, a partir da primeira vinda de Cristo, em diante.

As cinco vindas anunciadas por dois profetas do A.T.
Davi, através das "cinco pedrinhas" tiradas do ribeiro (1 Sm.17:40), já anunciava "as cinco vindas de Jesus", ao derrubar o gigante Golias com apenas "a primeira pedra", mal sabia ele que estava profetizando mil anos antes, que o Messias, "a Pedra" em Daniel 2:44,  na "sua primeira vinda", derrubaria Satanás e seu reino espiritual, lhe tomando as chaves da morte e do inferno (Apoc. 1:18). E por ocasião da sua "terceira vinda", o Senhor daria início ao esmiuçamento do reino material de Satanás, novamente como a Pedra, que fere os pés da estátua, destruindo os reinos malignos desse mundo (Apoc. 11:15); culminando com a limpeza total do santuário terrestre (Dan. 8:14) na ocasião da sua "quinta vinda", após a Batalha do Armagedom; quando então, o Senhor, através dum anjo, lançará a besta e o falso profeta no Lago de Fogo e prenderá Satanás no abismo por mil anos. Apoc. 20:1 a 3.  

Outro profeta que em linguagem simbólica, já havia profetizado séculos atrás, "as cinco vindas de Jesus" foi Isaías, que conseguiu ser mais específico, apresentando essas cinco vindas, com ricos detalhes, seguidas de seus nomes, em plena ordem, dentro dos tempos e modos de cada uma:

“Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; e o principado está sobre os seus ombros; e o seu nome será: 
1-MARAVILHOSO, 
2-CONSELHEIRO, 
3-DEUS FORTE, 
4-PAI DA ETERNIDADE, 
5-PRÍNCIPE DA PAZ. Is. 9:6.



A 1ª VINDA DE JESUS -“MARAVILHOSO” Is. 9:6

-O tempo dessa vinda: Na plenitude dos tempos. Gl. 4:4. 
-Seu percurso: Do céu Trono de Deus, até a cidade de Belém Efrata. Mq. 5:2.
-Sua velocidade: Através da gestação de Maria. 
-Sua manifestação: Através de parto natural. Lc. 2:7.
-Seu Modo de vida: Jesus, veio como servo de Deus. Is. 42:1-4.
Nessa vinda, o Verbo se fez carne, e habitou entre nós. Jo.1:14.

Os objetivos principais da primeira vinda do Filho de Deus:
a).Fazer-se carne. Jo. 1:14.
b).Manifestar a Graça de Deus. Tt. 2:11.
c).Cumprir a lei da primeira aliança (Gal. 4:4), estabelecer a Segunda Aliança no seu Sangue, e anunciar um Novo Testamento. Mt. 26:28.
d).Morrer no Calvário, consumando a nossa Redenção. Jo. 19:30.
e).Tomar as chaves da morte e do inferno de Satanás. Ap. 1:18.
f.).Ressuscitar e ser glorificado no céu.
g).Enviar o Espírito Santo, da parte do Pai. Jo. 7:39.
"Que com grande voz diziam: Digno é o Cordeiro, que foi morto, de receber O PODER, E RIQUEZAS, E SABEDORIA, E FORÇA, E HONRA, E GLÓRIA, E AÇÕES DE GRAÇAS." Ap. 5:12.


A  2ª VINDA DE JESUS - “CONSELHEIRO” Is. 9:6

Em seu Ministério terreno, Jesus disse várias vezes aos seus discípulos, antes de sua morte e ressurreição, que “não os deixaria órfãos" (Jo 14:18), mas, que voltaria para eles.
“Ouvistes o que eu vos disse: VOU, E VENHO PARA VOS. Se me amásseis, certamente exultareis por ter dito: VOU PARA O PAI; porque o Pai é maior do que eu.
Eu vo-lo disse agora antes que aconteça, para que, QUANDO ACONTECER, VÓS ACREDITEIS.” Jo. 14:28-29.

Palavras essas, indagada por Judas, naquela hora.
“Disse-lhe Judas (não o Iscariotes): Senhor, donde vem que TE HÁS DE MANIFESTAR A NÓS, e não ao mundo? Jo. 14:22.

Após sua morte na cruz, Jesus desceu às parte mais baixas da terra, tomou as chaves da morte e do inferno (Ap. 1:18); pregou aos espíritos em prisão (1Pe. 3:19); na sua ressurreição, Ele passou pelo sepulcro, apareceu à Maria Madalena (às Marias), e lhe disse que iria subir ao Pai.
“Disse-lhe Jesus: Não me detenhas, porque ainda NÃO SUBI PARA MEU PAI, mas vai para meus irmãos, e dize-lhes que EU SUBO PARA O MEU PAI e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus. Jo. 20:17.


Ainda no primeiro dia da ressurreição, Ele manifestou-se aos seus discípulos no Cenáculo em Jerusalém (Jo. 20:19), depois manifestou-se também a dois deles no caminho de Emaús, quando à tardinha do mesmo dia, Ele desapareceu diante deles (Lc. 24:13-35 – Mc. 16:12), subindo ao céu ainda no primeiro dia da ressurreição; onde permaneceu por espaço de sete dias no céu. Lá o Senhor recebeu do Pai: "Todo o poder no céu e na terra" (Mat. 28:18 - Ap. 5:9-14); voltando à terra “SEGUNDA VEZ”, OITO DIAS DEPOIS, aos seus discípulos em Galiléia; mais especificamente no monte da transfiguração, entre Cafarnaum e Betsaida, cidade de André e de Pedro (Jo. 1:44).

E OITO DIAS DEPOIS estavam outra vez os seus discípulos dentro, e com eles Tomé. Chegou Jesus, estando as portas fechadas, e APRESENTOU-SE NO MEIO, e disse; Paz seja convosco.” Jo. 20:26.

Participando com eles, que realmente recebera do Pai no céu, TODO O PODER naqueles dias.
“E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É ME DADO TODO O PODER NO CÉU E NA TERRA.” Mt. 28:18.

Cumprindo a sua Palavra dita antes aos seus discípulos...
Não vos deixarei órfãos; VOLTAREI PARA VÓS.
Ainda um pouco, e o mundo não me verá mais, MAS VÓS ME VEREIS... Jo. 14:18-19.

"Um pouco e não me vereis (sete dias); E OUTRA VEZ um pouco, e ver-me-eis (40 dias), porquanto vou para o Pai". Jo. 16:16

-O tempo dessa segunda vinda: Oito dias depois da ressurreição. Jo.20:26.
-Seu percurso: Do céu Trono de Deus, à Galiléia. Mt. 28:16.
-Sua velocidade: Não revelada.
-Sua manifestação: Somente aos seus discípulos. Jo. 20:26.
-O Modo da vinda: Como o Senhor do céu e da terra. Mt. 28:18.
Nessa vinda, O Senhor desceu à terra, em Galiléia.

Os objetivos da sua segunda vinda:
Depois da sua segunda vinda, Jesus permaneceu com seus discípulos, por um espaço de 40 dias na terra, dando-lhes mandamentos pelo Espírito, consolando-os, e lhes falando do que respeita ao Reino de Deus (At.1:2-3); depois, o Senhor subiu novamente ao céu, do Monte das Oliveiras, ao dia seguinte do sábado (primeiro dia), cumprindo a lei das Primícias, num total de 50 dias - Lev. 23:9 a 16 (1º dia + 8 dias + 40 dias + o 1º dia), assentando-se à destra da majestade nas alturas (Hb. 1:3) aguardando agora, o tempo da sua “TERCEIRA VINDA”.
"E estando com os olhos fitos no céu, enquanto Ele subia, eis que junto deles se puseram dois varões vestidos de branco,
Os quais lhes disseram: Varões galileus, por que estais olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós FOI RECEBIDO EM CIMA NO CÉU, há de vir assim como para o céu o vistes ir ." At. 1:10-11


Para compreender melhor o mistério da "segunda vinda do Senhor", já ocorrida há 2.000 anos atrás, escondida das teologias em suas gerações (1 Cor. 1:19-20), ver links:



A 3ª VINDA DE JESUS - “DEUS FORTE.” Is. 9:6

-O tempo dessa vinda: Será logo depois da aflição daqueles dias. Mt. 24:29-30.
-Seu percurso: Será do céu trono de Deus (Sl. 110:1) até o nosso céu. Is. 24:21.
-Sua velocidade: Será como o relâmpago. Mt. 24:27.
-Sua manifestação: Será visível, sonora com seus anjos, com poder e grande glória e todo olho o verá. Mt. 24:30 - Ap. 1:7.
-O modo da sua vinda: Ele virá assentado no seu trono. Ap. 6:16.
Nessa vinda, O Senhor não pisará ainda na terra.

Os objetivos principais da sua terceira vinda:
Ao contrário do que ensinam as teologias em geral, agora na terceira vinda, o Senhor, não virá para ressuscitar e arrebatar a Igreja, antes virá para:
a)-Assinalar as primícias, os 144 mil israelitas. Ap. 7:1-8.
b)-Executar os juízos de Deus - a ira do Cordeiro (através das sete trombetas e das sete taças da ira de Deus) sobre toda a carne do pecado. Is. 66:15-16 – Jd. 14,15 - Ap. 6:12 a 18 e cap. 8 a seguir, conforme está escrito:
“Como labareda de fogo, tomando a vingança dos que não conhecem a Deus e dos que não obedecem ao evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo.” 2 Ts. 1:8.


A 4ª VINDA DE JESUS - “PAI DA ETERNIDADE” 
Is. 9:6.

-O tempo dessa vinda: Será após o período do Sétimo Selo, nos dias do toque da Sétima ou última trombeta do anjo. 1Co. 15:52 - Ap. 10:7 - 15:11.
-Seu percurso: O Senhor sairá acompanhado de seus anjos da Jerusalém Celestial no monte de Sião, até nas nuvens e nos ares dos quatro cantos da terra. 1Ts. 4:16-17.
-Sua velocidade: Será num momento, num abrir e fechar de olhos. 1 Co. 15:52.
-Sua manifestação: Será visível, sonora com seus anjos, com poder e grande glória; toda a carne verá a salvação do Senhor. Isa. 52:11 - Ap. 19:11-16.
-O modo da sua vinda O Senhor virá sobre as nuvens do céu, com ALARIDO, E VOZ DE ARCANJO E COM A TROMBETA DE DEUS.
Nessa vinda, o Senhor não pisará também na terra, levará a Igreja arrebatada para a Jerusalém Celestial em Sião (Isa. 35:10 - Zac. 8:7-8 - Heb. 12:22); donde aguardará o desfecho das sete taças da Ira de Deus, descendo novamente na terra, em Jerusalém, na sua "quinta e última vinda".

Os objetivos da sua quarta vinda:
Ressuscitar os mortos e arrebatar a Igreja. Dan. 12:2 – Mt. 24:31 - Jo. 5:28-29 – 
1 Co. 15:51-52 – 1 Ts. 4:16-17.
"Porque o mesmo Senhor DESCERÁ DO CÉU com alarido e com voz de Arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro.
Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos ARREBATADOS JUNTAMENTE COM ELES nas nuvens a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor." 1Ts. 4:16-17.



A 5ª VINDA DE JESUS - “PRÍNCIPE DA PAZ.” Is. 9:6

-O tempo dessa vinda: Será após a consumação das sete taças da Ira de Deus (Ap. 16), e do julgamento da grande prostituta. Ap. 19:1-3.
-A velocidade: Cavalgada. Ap. 19:11.
-Seu percurso: Do nosso céu (Is. 24:21, Hc. 3:6) à Jerusalém terrena. Jl. 3:14 a 17.
-Sua manifestação: Será visível, sonora, acompanhada de seus anjos; porém, local, somente para Israel e região. Apoc. 19:11 a 16.
-O modo do seu transporte: O Senhor virá montado num cavalo branco, seguido de seus exércitos celestiais, também montados em cavalos. Ap. 19:11.
Nessa vinda, O Senhor finalmente pisará na terra.
                                                
Os objetivos de sua quinta vinda
a).Vencer a Batalha do Armagedom. Ap. 19:17 a 19.
b).Lançar a besta e o falso profeta no lago de fogo. Ap. 19:20.
c).Prender Satanás no abismo. Ap. 20:1-3.
d).Julgar as nações no seu Tribunal. Mat. 25:31 a 46 - Ap. 20:4.
e).Celebrar as Bodas do Cordeiro. Ap. 19:7.
f).Galardoar a Igreja. 2Cor. 5:10. 
g)-Reinar mil anos com a sua Igreja sobre a terra. Ap. 20:6.
“E para o nosso Deus os fizeste reis e sacerdotes; e eles reinarão sobre a terra.” Ap. 5:10.

Entendendo a trajetória de cada vinda do Senhor:
Na 1ª, e na 2ª vinda pessoal do Senhor, já acontecidas na história bíblica, Jesus já desceu do céu trono de Deus, à terra.

Na sua 3ª vinda, Ele não pisará na terra.
Virá do céu trono de Deus até nosso céu atmosférico, estabelecerá seus arraiais nele,  e de lá, ministrará sua ira sobre o mundo. Is. 5:26, 24:21 Ap. 6:16-17.

Na 4ª vinda, o Senhor, também não pisará na terra.
Ele sairá do seu arraial do nosso céu, em Sião, no tempo do “SÉTIMO SELO”, ante o toque da Sétima Trombeta, acompanhado de seus anjos (Sl 19:4 a 6), especificamente para executar a ressurreição e o arrebatamento da Igreja  (1 Ts. 4:17). Nesse dia, o Senhor enviará seus anjos do oriente ao ocidente, os quais ajuntarão seus escolhidos “nos ares;” e os levará para a Jerusalém Celestial (Heb. 12:22), que nesse tempo, já estará estabelecida em Sião (Is. 2:2 - Miq. 4:1).
"Mas para vós, que temeis o meu nome nascerá o sol da justiça, e A SALVAÇÃO TRARÁ (p/ Sião) DEBAIXO DAS SUAS ASAS...” Ml. 4:2a.

“E os resgatados do Senhor VOLTARÃO, E VIRÃO A SIÃO com júbilo...” Is. 35:10a.

Na 5ª vinda Jesus, pisará e permanecerá na terra, para seu Reino Milenar.
Nessa vinda, Jesus sairá do seu arraial, sob o nosso céu, com seus anjos, montados em cavalos brancos, conforme já dissemos, finalmente Ele descerá à terra para a Batalha do Armagedom, entre o mar grande e o Monte Santo (Dn. 11:45 - Is. 63:1 a 6 - Ap. 19:11-21); após subjugar Satanás com seus demônios e o resto das nações ímpias, o Senhor permanecerá em Jerusalém, donde reinará mil anos com sua Igreja na terra, conforme está escrito:
“Assim diz o Senhor: Voltarei para Sião, e habitarei no meio de Jerusalém; e Jerusalém chamar-se-á a cidade de verdade, e o monte do Senhor dos exércitos monte de santidade.” Zc. 8:3.

Conforme o amigo leitor conferiu pelas Escrituras, existem sim, diferenças de tempos e de modos, entre uma vinda e a outra do Senhor; diferenças essas, ignoradas pelos meios teológicos, responsáveis pelo ensino verdadeiro da Igreja de Deus.
Portanto, não podemos aceitar sua pregação superficial teológica, de apenas uma única vinda de Jesus, para cumprir num mesmo dia, e de uma só vez, todas as profecias escatológicas. 
Antes, concordamos sim, que a próxima vinda de Jesus, será "A SUA ÚNICA VINDA" do céu Trono de Deus, à terra, conforme ensinou Jesus em João 14:3. Todavia, não podemos fazer como as teologias em geral, que querem simplificar "O GRANDE MISTÉRIO DE DEUS" (Efe. 5:31-32) sem que antes, tenham recebido a revelação total, como a revelada aqui. Mesmo porque, a história bíblica já mostrou no passado, duas vindas pessoais do Senhor, e prevê para um futuro breve, mais três vindas distintas d'Ele.

Assim sendo, para sustentar a teoria superficial de uma única vinda agora, as teologias do arrebatamento, se perdem ao esbarrar nas várias profecias das ultimas coisas, não podendo explicar, qual será "o tempo e o modo" Bíblico aproximado da manifestação do Senhor, nessa única vinda pregada por eles.
a)-Se Ele virá assentado sobre um Trono, para assinalar os 144 mil israelitas e exercer a ira do Cordeiro? Ap. 6:16 - Cap. 7. 
b)-Se Ele virá com voz de arcanjo e com a trombeta de Deus”? 1 Ts. 4:16 - Apoc. 14:14-15.
c)- Ou o Senhor virá, “montado num cavalo branco”, acompanhado de seus anjos (Ap. 19:11)? Apoc. 19:11 a 21.

 

"Porque nada podemos contra a verdade, SENÃO PELA VERDADE."  2 Co. 13:8

Jaime e Júlio